CESB divulga vencedores do 15º Desafio Nacional de Máxima Produtividade da Soja, que contou com plataforma SKYFLD®

Os
vencedores do desafio foram revelados em evento em Indaiatuba



Entre os 6,5 mil
inscritos no Desafio Nacional de Máxima Produtividade da Soja, os vencedores
foram revelados durante o 15ª Fórum Nacional de Máxima Produtividade do Comitê
Estratégico Soja Brasil (CESB), realizado em Indaiatuba.



Com a parceria
entre o CESB e a plataforma de monitoramento, os sojicultores puderam
acompanhar nesta edição, de forma digital, as áreas inscritas no Desafio. A
SKYFLD® forneceu uma infraestrutura digital para gerenciar talhões, planejar e
documentar atividades de campo, além de permitir uma comunicação direta e
segura, orientada por dados e com alto nível de confiabilidade e transparência.



“A plataforma foi
uma ferramenta de auxílio a esse Desafio. Afinal, foi possível que os
sojicultores monitorassem suas lavouras, planejassem suas atividades semanais e
compartilhassem informações com as equipes”, avaliou o responsável global por
SKYFLD® na HELM, André Salvador, sobre o uso da plataforma pelos produtores
durante o Desafio.



Vencedores do Desafio da Soja



O Desafio é dividido
em duas categorias: sequeiro e irrigado. A categoria sequeiro conta com os
campeões das regiões Centro-Oeste, Norte, Nordeste, Sul e Sudeste – que
concorrem ao prêmio de campeão nacional. A categoria irrigado tem diretamente
um campeão nacional. 



O campeão Nacional
foi o sojicultor João Lincoln Reis Veiga, da Fazenda Congonhal, de Nepomuceno
(MG), que venceu a categoria cultivo Sequeiro (Nacional) e categoria cultivo
Sequeiro (Sudeste), com 134,46 sacas por hectare.



Vencedor em duas
regiões foi o sojicultor João Antonio Gorgen, na categoria cultivo Sequeiro
(Nordeste) e categoria Sequeiro (Norte). No Nordeste, a sua fazenda Barcelona,
em Riachão das Neves (BA) conquistou 119,71 sacas por hectare e, no Norte, o
resultado foi 108,63 sacas por hectare.



O produtor Moacir
Griss, da Fazenda Santa Cruz, em Clevelândia (PR), foi o vencedor da categoria
cultivo Sequeiro (Sul), com 132,83 sacas por hectare. Na região Centro-Oeste, o
ganhador da categoria cultivo Sequeiro foi o sojicultor Caetano Polato, da Fazenda
Gravatai, em Itaquira (MT), com 106,01 sacas por hectare.



Na categoria
cultivo Irrigado/Nacional, o ganhador foi o sojicultor Norio Fujisawa, da
Fazenda Campos Verdes, de Itapeva (SP), com 111,75 sacas por hectare.



Sobre a HELM



A HELM é uma
empresa familiar com atuação global, sediada em Hamburgo, na Alemanha, com mais
de 120 anos de atuação no mercado especializado em produtos químicos, produtos
para indústria farmacêutica, fertilizantes e defensivos agrícolas. Atua em 30
países e conta com mais de 100 subsidiárias, escritórios de vendas e 1.500
funcionários.





No Brasil, a HELM atua com importação e exportação há mais de 45 anos,
comercializando soluções em proteção de cultivos para o produtor rural, além da
atuação no segmento químico, desempenhando um papel relevante no mercado
brasileiro. Sempre contando com fornecedores certificados e com processos
produtivos com qualidade atestada. Saiba mais: https://www.helmdobrasil.com.br/pt/

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem